AVAC

AVAC: o que é, como funciona e como fazer a manutenção

O sistema AVAC é composto por aparelhos de aquecimento, ventilação e ar-condicionado, sendo responsável por trazer conforto térmico ao ambiente e melhorar a qualidade do ar.

Entenda como o AVAC funciona, o que dizem as normas regulamentadoras, como fazer a manutenção e veja um modelo de checklist AVAC para auxiliar nos cuidados com o sistema. Acompanhe!

Veja também: Modelo de PMOC digital para controle do sistema AVAC

O que é AVAC?

AVAC é a sigla para Aquecimento, Ventilação e Ar-condicionado, e é usada para se referir a sistemas de climatização em geral. 

Esse termo se refere a um conjunto de tecnologias e aparelhos utilizados em edifícios e veículos para controlar a temperatura, a umidade e a qualidade do ar interior. O sistema AVAC é projetado para criar conforto térmico e condições saudáveis para as pessoas que ocupam o espaço.

Além disso, os equipamentos AVAC também podem ser usados para estabilizar as temperaturas em ambientes onde há equipamentos sensíveis ao calor, ao frio ou até à umidade do ar. Por isso, esse sistema é utilizado em indústrias e hospitais.

Modelo de PMOC pronto para baixar gratuitamente

Quais são os pilares do sistema AVAC?

O sistema AVAC é composto por três pilares que formam a sigla. Vamos conhecer cada um deles:

Aquecimento (A)

O aquecimento se refere ao processo de elevar a temperatura de um ambiente. Isso pode ser feito através de diferentes métodos, como aquecedores elétricos, radiadores, sistemas de piso aquecido, entre outros.

Ventilação (V)

Já a ventilação envolve a troca de ar entre o interior e o exterior de um edifício ou veículo para garantir uma boa qualidade do ar. A ventilação pode ser natural ou mecânica, vamos entender melhor as diferenças:

  • Ventilação natural: o ar natural, como o vento, flui através de aberturas, como janelas;
  • Ventilação mecânica: usa ventiladores e dutos para melhorar a qualidade do ar.

Ar-condicionado (AC)

Por sua vez, o ar-condicionado está relacionado ao processo de resfriamento e, muitas vezes, também à desumidificação do ar. Sistemas de ar condicionado são comumente usados para manter temperaturas mais baixas em ambientes internos durante períodos quentes.


Além desses três pilares, alguns segmentos utilizam o termo AVAC-R, em que o R representa a Refrigeração. Nesse caso, o termo inclui a gestão não apenas da temperatura e qualidade do ar, mas também do processo de refrigeração.

A refrigeração é particularmente importante em alguns contextos, como na preservação de alimentos, processos industriais, armazenamento de produtos farmacêuticos sensíveis à temperatura, entre outros. Os sistemas AVAC-R são projetados para controlar a temperatura em uma variedade de cenários, tanto para o conforto humano quanto para a preservação de produtos e equipamentos.

Como funciona o sistema AVAC?

O sistema AVAC funciona integrando vários componentes para controlar a temperatura, a umidade e a qualidade do ar em ambientes fechados. Vamos ver de forma mais detalhada como cada componente contribui para o funcionamento do sistema:

Aquecimento

  • Fonte de calor: o sistema de aquecimento possui uma fonte de calor, que pode ser elétrica, a gás, óleo, solar, ou outra fonte de energia;
  • Geração de calor: a fonte de calor é acionada para gerar calor, elevando a temperatura do ar no ambiente.

Ventilação

  • Entrada de ar fresco: a ventilação traz ar fresco do exterior para dentro do ambiente, removendo o ar viciado e poluído do interior;
  • Distribuição do ar: ventiladores e dutos distribuem o ar fresco de maneira uniforme por todo o espaço.

Ar-condicionado

  • Troca de calor: o ar-condicionado remove o calor do ambiente interno, transferindo-o para o exterior.
  • Desumidificação: o aparelho também pode desumidificar o ar, removendo o excesso de umidade.

Refrigeração

  • Circulação do refrigerante: o sistema de refrigeração utiliza um fluido refrigerante que circula entre unidades internas e externas;
  • Absorção de calor: o refrigerante absorve o calor do ambiente interno, evaporando-se no processo. Esse calor é então liberado no exterior quando o refrigerante retorna à unidade externa.

Controle e automação

  • Sensores: sensores de temperatura, umidade e qualidade do ar monitoram as condições ambientais;
  • Termostatos: dispositivos como termostatos controlam o funcionamento dos sistemas com base nas condições desejadas;
  • Automação: sistemas automatizados ajustam as configurações automaticamente para otimizar o conforto e a eficiência energética.

O ciclo completo do sistema AVAC envolve a coleta de ar ambiente, o tratamento para atender aos padrões de conforto e saúde, e a distribuição do ar tratado por todo o ambiente. É um processo contínuo para manter condições ideais ao longo do tempo.

A eficiência do sistema AVAC pode ser aumentada através da implementação de práticas de design e manutenção eficientes, bem como o uso de tecnologias avançadas para controle e automação. Essa eficiência é crucial tanto para o conforto dos ocupantes quanto para a redução do consumo de energia.

Qual a relação dos filtros de ar com o sistema AVAC?

Os filtros de ar desempenham um papel muito importante no sistema AVAC ao contribuir para a qualidade do ar interior. Eles têm a função de reter partículas suspensas no ar, como poeira, pólen, mofo, bactérias e outros contaminantes, impedindo que entrem no sistema e sejam redistribuídos no ambiente.

Por isso, os filtros de ar utilizados no sistema AVAC pode trazer benefícios como:

Melhoria da qualidade do ar

Filtros de ar de qualidade ajudam a remover partículas indesejadas do ar, contribuindo para a melhoria da qualidade do ar interior. Eles também reduzem alérgenos, poeira e outros poluentes, criando um ambiente mais saudável para os ocupantes.

Proteção do equipamento

Filtros protegem os componentes internos do sistema AVAC, como bobinas, ventiladores e trocadores de calor, impedindo o acúmulo de sujeira que pode prejudicar o desempenho e a eficiência.

Eficiência energética

Filtros de ar limpos permitem um fluxo de ar mais eficiente, ajudando o sistema AVAC a operar com mais eficiência energética, já que o consumo de energia é reduzido.

Além disso, reduzir a resistência do ar devido à sujeira nos filtros pode diminuir a carga sobre os motores e melhorar a eficiência do sistema como um todo.

Durabilidade e manutenção

A utilização de filtros de ar apropriados é capaz de prolongar a vida útil do sistema AVAC, reduzindo a depreciação nos componentes internos. A manutenção preventiva regular dos filtros é essencial para garantir que continuem a funcionar de maneira eficaz.

Conformidade com padrões e regulamentações

Em muitos casos, a instalação de filtros de ar de qualidade é uma exigência para cumprir padrões de qualidade do ar interior e normas regulamentadoras.

Aplicações específicas

Em ambientes onde a pureza do ar é crítica, como hospitais ou laboratórios, filtros de ar especiais, como os de alta eficiência (HEPA), são frequentemente utilizados para remover partículas ainda menores e garantir que não haja contaminação.

A seleção adequada e a manutenção regular dos filtros de ar são essenciais para garantir que o sistema AVAC opere eficientemente, proporcionando conforto e qualidade do ar adequados aos ocupantes do espaço. O tipo de filtro escolhido dependerá das necessidades específicas do ambiente e das condições de operação do sistema AVAC.

Gere PMOC Digital em 1 clique com o Produttivo

O que as normas brasileiras falam sobre o AVAC?

As normas brasileiras relacionadas ao AVAC são elaboradas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Essas normas estabelecem padrões e requisitos técnicos para garantir a eficiência, segurança e qualidade dos sistemas AVAC. Vamos conhecer as normas brasileiras mais importantes para o AVAC:

NBR 16401

A norma trata tanto da instalação do ar-condicionado quanto nos parâmetros de conforto térmico e de qualidade do ar. 

A NBR 16401 aborda aspectos como carga térmica, seleção de equipamentos, distribuição do ar, especificações técnicas e critérios de desempenho, entre outros.

NBR 13971

Já a NBR 13971 estabelece orientações básicas para as atividades e serviços necessários na manutenção de componentes, sistemas e equipamentos do sistema AVAC.

Leia também: Como fazer Manutenção de Ar Condicionado

NBR ISO 14644

Por sua vez, a NBR ISO 14644 classifica os níveis de pureza do ar considerando a concentração de partículas no ar.

É importante que os profissionais e empresas envolvidos no projeto, instalação, operação e manutenção de sistemas AVAC estejam cientes dessas normas e suas atualizações para garantir a conformidade e a segurança dos sistemas.

AVAC e HVAC são a mesma coisa?

Sim, AVAC e HVAC são a mesma coisa. Enquanto AVAC é a sigla para Aquecimento, Ventilação e Ar-Condicionado, HVAC se refere aos termos em inglês Heating, Ventilation, and Air Conditioning.

O termo HVAC é mais utilizado em contextos internacionais.

Como fazer a manutenção do sistema AVAC?

A manutenção regular do sistema AVAC é fundamental para garantir o bom desempenho, a durabilidade dos componentes e a qualidade do ar interior. Por isso, separamos algumas orientações que podem te auxiliar no controle da manutenção AVAC, olha só:

Plano de manutenção

O primeiro passo para a manutenção AVAC é estabelecer um plano de manutenção que leve em consideração as recomendações do fabricante e as normas brasileiras aplicáveis.

Normalmente, recomenda-se priorizar ações preventivas e realizar a manutenção corretiva apenas quando estritamente necessário. Para te ajudar na elaboração do seu plano de manutenção, o Produttivo criou um material gratuito, o Kit PMOC.

Ele vem com um modelo pronto de plano de manutenção, operação e controle em Excel, basta substituir com as suas informações e aproveitar o planejamento para garantir a eficácia do sistema AVAC. 

Exemplo de PMOC para baixar de graça
Exemplo 02 de PMOC para baixar de graça
Exemplo 03 de PMOC para baixar de graça

Além da planilha em Excel pronta para usar, o Kit PMOC ainda vem com:

  • Guia de normas e legislação PMOC;
  • Modelo de ordem de serviço em Word;
  • Modelo de checklist em Word para Climatização e Refrigeração.

Para ter acesso ao Kit PMOC gratuitamente, é só clicar na imagem abaixo!

Modelo de PMOC pronto para baixar gratuitamente

Considere a sazonalidade

O ideal é que seu sistema esteja funcionando corretamente nos períodos de temperatura extrema. Portanto, leve a sazonalidade em consideração e priorize a manutenção do AVAC nos meses de temperatura mais amena. 

Evite programar a manutenção para os meses do verão e do inverno, já que o funcionamento dos equipamentos tende a ser mais importante nessas estações.

Limpeza dos filtros

Conforme mencionamos anteriormente, os filtros são essenciais para o bom funcionamento dos equipamentos. Portanto, faça a inspeção e limpeza do filtro regularmente, e substitua-os quando necessário.

Lembre-se que filtros sujos ou em mau estado de conservação reduzem a eficiência do sistema e podem comprometer a qualidade do ar interior.

Limpeza das bobinas e trocadores de calor

As bobinas do evaporador e do condensador também devem ser inspecionadas e limpas frequentemente para garantir uma transferência de calor eficiente, já que a sujeira nessas superfícies pode diminuir a eficiência do sistema.

Verificação dos dutos de ar

Ao realizar a manutenção periódica do sistema AVAC, inspecione os dutos de ar quanto a vazamentos e acúmulo de sujeira. Certifique-se de que os registros de ar estejam abertos e desobstruídos.

Verificação do refrigerante

Outro ponto de atenção que precisa ser verificado constantemente são os níveis de refrigerante, que devem ser recarregados sempre que preciso.

Ao fazer a vistoria, também procure vazamentos no sistema e corrija-os.

Inspeção dos componentes elétricos

Verifique todos os componentes elétricos, como fiação, contatos e relés, aperte conexões e substitua peças desgastadas. O recomendado é que isso seja feito por um profissional de manutenção elétrica.

Avaliação do sistema de controle

Teste e calibre os termostatos e outros dispositivos de controle. Ainda, certifique-se de que o sistema está respondendo adequadamente aos comandos.

Leia também: O que é teste hidrostático e qual sua importância para a manutenção?

Inspeção das unidades externas

Realize a limpeza das unidades externas de ar condicionado e refrigeração, removendo detritos e vegetação ao redor. Verifique também se as aletas do condensador estão retas e desobstruídas.

Verificação da ventilação

Garanta que os ventiladores e os sistemas de ventilação estejam operando corretamente. Limpe os ventiladores e os dutos de ventilação, se necessário.

Teste de eficiência

Periodicamente, realize testes de eficiência para garantir que o sistema esteja atingindo os parâmetros desejados de temperatura e umidade.

Treinamento e documentação

Por fim, certifique-se de que a equipe de manutenção esteja devidamente treinada e mantenha registros detalhados das atividades de manutenção. Para isso, você pode investir em checklists de manutenção e relatórios técnicos.

Lembre-se de que, para sistemas mais complexos ou em ambientes críticos, é recomendável contar com serviços de profissionais qualificados em manutenção de sistemas AVAC. Além disso, seguir as recomendações do fabricante e as normas técnicas é essencial para garantir a conformidade e a segurança do sistema.

Como fazer um checklist de AVAC?

Para registrar a inspeção e manutenção do ar-condicionado e outros aparelhos AVAC, o checklist é a melhor opção, já que ajuda a guiar o trabalho do técnico e pode ser usado para comprovar o serviço.

Veja algumas dicas que podem facilitar a elaboração e preenchimento do checklist de AVAC:

Inclua as informações da empresa do cliente

O primeiro passo para criar o checklist AVAC é criar um cabeçalho com as principais informações tanto da empresa quanto do cliente, como telefone, endereço, CPF ou CNPJ, entre outras.

Para empresas de manutenção que atendem chamados, o cabeçalho facilita no direcionamento do técnico para o local certo e assegura que o cliente também tenha as informações da empresa para contato.

Exemplo de cabeçalho de checklist AVAC

Liste todos os equipamentos

Caso haja mais de um equipamento no mesmo local, faça uma lista com todos os equipamentos e inclua informações para diferenciá-los, como nome, marca e número de série.

Exemplo de listagem de equipamentos em um checklist AVAC

Se optar por criar um checklist para cada equipamento, as informações que diferenciam o aparelho também podem estar no cabeçalho.

Avalie as não conformidades

Uma das ferramentas mais eficazes para utilizar no seu checklist AVAC é o relatório de não conformidade. As questões de não conformidade indicam possíveis pontos de atenção no sistema e alguns softwares, como o Produttivo, notificam o gestor quando algum item é marcado como ‘não conforme’.

Exemplo de avaliações de conformidade em um checklist para PMOC

Quando as não conformidades forem identificadas, é possível usar o próprio checklist para sugerir medidas corretivas adequadas.

Software de manutenção do Produttivo para controle automático dos serviços

Use fotos para comprovação

Outro recurso que ajuda a trazer mais confiabilidade para o checklist é o relatório fotográfico. As fotos podem ser usadas para mostrar as não conformidades encontradas, para comprovar o serviço realizado ou ainda para mostrar o “antes e depois” nos equipamentos.

Exemplo de registro fotográfico para comprovação de manutenção AVAC

Com o Produttivo, as fotos podem ser anexadas da galeria ou tiradas na hora, com marcação de data e horário, e inseridas diretamente no relatório.

Colete assinaturas

A assinatura do técnico e do cliente é essencial para assegurar que o serviço foi realizado e trazer ainda mais profissionalismo para o seu checklist.

Exemplo de assinatura de checklist AVAC

Aposte na tecnologia

Alguns sistemas permitem criar checklists digitais e incluir todos esses campos de forma automatizada, sem depender do papel. É o caso do Produttivo, um sistema desenvolvido para ajudar empresas e prestadores de serviços no planejamento, execução e comprovação das atividades.

Com o Produttivo, você pode criar seu próprio modelo de checklist e o preenchimento é feito diretamente no celular ou tablet do técnico durante a inspeção.

Veja só um modelo de checklist de ar-condicionado preenchido no sistema e exportado:

É possível criar seu próprio checklist ou usar um modelo pronto, e até personalizar com as cores e logo da sua empresa. 

Tanto o planejamento do serviço quanto o preenchimento do relatório são feitos de forma totalmente digital, agilizando as atividades e evitando dores de cabeça como rasuras, digitalização de documentos e extravio do checklist em papel.

Além disso, os checklists, relatórios e ordens de serviço são armazenados em nuvem, podem ser enviados por e-mail ou WhatsApp e o gestor tem acesso a todas as informações por meio do painel web.

O Produttivo ainda conta com o recurso plano de atividades, para agendar as manutenções com antecedência e garantir que o sistema AVAC esteja funcionando corretamente, sem interrupções não planejadas.

Exemplo de como funciona a criação de planos de manutenção automáticos e digitais no Produttivo

O sistema também faz a análise dos indicadores de manutenção, mostrando os gargalos em gráficos fáceis de interpretar.

Exemplo ilustrativo de como são os gráficos de indicadores do sistema do Produttivo

Você pode aproveitar todos esses recursos durante 15 dias com o teste grátis! É só fazer o cadastro, não precisa de cartão de crédito. Aproveite o período de teste e faça o acompanhamento do sistema AVAC da sua empresa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima